icon-youtube icon-twitter icon-facebook  

Programa Vigente

PROGRAMA DE ACÇÃO PROPOSTO PARA O QUADRIÉNIO 2019-2022

GOVERNAÇÃO

 1 – Definir missão, visão e valores para a Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas

a) A submeter à aprovação da Assembleia Geral em março de 2019.

2 – Definir objetivos estratégicos para os próximos cinco anos

a) A submeter à aprovação da Assembleia Geral em março de 2019.

3 – Criar sinergias e trabalho em rede para a capacitação dos recursos da Liga

3.1. Implementar o recurso ao consultório da associação CLIP - Recursos e Desenvolvimento para a elaboração de projetos;

3.2. Implementar o recurso a formações na ENTRAJUDA e outras entidades com ofertas formativas de interesse nas áreas de trabalho da Liga, enquanto IPSS;

3.3. Gerar competências no âmbito da colaboração em e acolhimento de estágios e atividades formativas de outras instituições;

3.4. Desenvolver a sustentabilidade económica e social da Liga recorrendo a parcerias e protocolos que permitam uma ação e intervenção inovadora em benefício do doente reumático e/ou a reestruturação ou renovação dos serviços da Liga.

4 – Estratégias de comunicação para a Liga

a) Desenvolver uma estratégia de comunicação, uniformizando todos os meios institucionais da Liga sob a mesma imagem.

b) Investir nos meios digitais de comunicação e informação: website, redes sociais, inquéritos aos associados (atualização da base de dados, satisfação e necessidades), webinars e outras oportunidades que surjam.

c) Continuar os esforços para melhorar a acessibilidade à sede (sem degraus).

DINAMIZAÇÃO DAS ÁREAS DE INTERVENÇÃO

5 – Apoio, Informação e Educação do doente reumático

5.1. Reforço do voluntariado para o Apoio ao Doente: estabelecimento de parcerias com escolas profissionais e instituições de ensino superior (Apoio Domiciliário, Animação Sociocultural, Psicologia, Enfermagem, Medicina, etc.); renovação e ampliação da bolsa de voluntários, formação.

5.2. Possibilidade de voluntariado nas áreas do apoio social, jurídico e animação sociocultural, estabelecendo parcerias com profissionais (pro bono) e/ou instituições formativas (estágios).

5.3. Formação para os doentes: autogestão, healthcoaching, promoção da adesão à terapêutica.

5.4. Continuação da negociação de protocolos e parcerias como benefícios para os associados.

6 – Sensibilização para as doenças reumáticas

Desenvolver e/ou colaborar em campanhas para a valorização dos sintomas de doença reumática e para a importância do diagnóstico precoce.

Educar para a prevenção das comorbidades.

Promover a literacia em saúde.

Promover ações de sensibilização junto dos estudantes de Medicina, dos médicos de Medicina Familiar e de Medicina Interna.

7 – Advocacia social e colaboração na investigação

Manter os esforços para formar dois grupos de intervenção nesta área, otimizando os recursos obtidos pela participação da Liga nas associações internacionais.

Continuar a capacitar um grupo de doentes para a advocacia, como embaixadores, que possam participar em campanhas políticas de sensibilização dos vários intervenientes (autarquias, escolas, empresas, etc.).

Continuar a capacitar um grupo de doentes para a colaboração na investigação: elaboração de resumos leigos de artigos científicos de interesse, a perspetiva do doente na análise de projetos e de estudos, por exemplo, eventualmente com suporte da rede PRP da EULAR, da EUPATI ou outros.

Continuar a promover o envolvimento das pessoas com doença reumática, devidamente capacitadas na decisão de políticas e na investigação.

8 – Manter a participação e envolvimento da Liga a nível internacional

Assegurar a continuação do envolvimento da Liga no PARE, no seio da EULAR e procurar novas oportunidades de integração da Liga em projetos europeus.

Desenvolver o envolvimento e participação no projeto EUPATI.

Analisar outras propostas de envolvimento ou colaboração que tragam benefícios para a Liga.

9 – Manter a participação e envolvimento da Liga a nível nacional

Continuar a colaborar com outras associações congéneres e a promover a criação de núcleos regionais da Liga.

TEMÁTICAS PRINCIPAIS PARA O QUADRIÉNIO 2019-2022

2019:

«Dá Trabalho», no seguimento do plano de atividades delineado para 2019;

«Viver o dia», #porquetodososdiascontam – campanha nas redes sociais com um conselho diário para viver melhor o dia com doença reumática e sugestões para ativação.

«Viver a (In)Capacidade» – tema proposto para o XXII Fórum de Apoio ao Doente Reumático.

2020:

«Prevenindo», tema do plano de atividades para 2020;

«Reabilitar a vida» tema proposto para o XXIII Fórum de Apoio ao Doente Reumático.

2021:

«O que nos custa», tema do plano de atividades para 2021;

«Contas à vida» tema proposto para o XXIV Fórum de Apoio ao Doente Reumático.

2022:

«Afeto», tema do plano de atividades para 2022;

40.º ANIVERSÁRIO DA LIGA PORTUGUESA CONTRA AS DOENÇAS REUMÁTICAS

«Conviver com doenças reumáticas» tema proposto para o XV Fórum de Apoio ao Doente Reumático.

NOTA: Os temas propostos deverão ser revistos anualmente à luz da atualidade e não excluem outros que possam merecer o seu desenvolvimento no seio das atividades da Liga.