icon-youtube icon-twitter icon-facebook  

slide-noticias-e-eventos

Ensaio Geral Solidário

“Quando sonhamos juntos, é o começo da realidade”

CNB - Ensaio Geral Solidario

Foi uma noite mágica. Foi uma noite de sonho.

Que a Liga fosse selecionada como uma das beneficiárias do Ensaio Geral Solidário da CNB (Companhia Nacional de Bailado)… E que o bailado fosse D. Quixote...

Voámos na fantasia, encantados na magnífica execução dos bailarinos, nos cenários, guarda-roupa, música e extasiados nesse sonho, graças à generosidade de tantos e à iniciativa da CNB, angariámos 2 mil euros que destinamos a projetos de apoio ao doente.

Obrigada a todos e, em especial, à Companhia Nacional de Bailado pela noite magnífica, pelo belíssimo espetáculo e sobretudo pela oportunidade de angariação de fundos.

Agradecemos também à Câmara Municipal de Lisboa, a autorização concedida para esta angariação de fundos.

Ver relação de fundos angariados.

Elsa Frazão Mateus: "A participação pública em saúde tem sido um processo lento"

"Os modelos de participação de cidadãos na tomada de decisão ainda estão em fase de implementação", considera Elsa Frazão Mateus é presidente da LPCDR (Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas) desde 2015 e EUPATI Fellow desde de 2016.

Leia o artigo em
https://www.jornaldenegocios.pt/negocios-iniciativas/detalhe/elsa-mateus-frazao-a-participacao-publica-em-saude-tem-sido-um-processo-lento/

https://www.jornaldenegocios.pt/negocios-iniciativas/detalhe/elsa-mateus-frazao-a-participacao-publica-em-saude-tem-sido-um-processo-lento/

XXI Fórum de Apoio ao Doente Reumático

XXI Forum A Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas, realizou no dia 13 de Outubro de 2018, o XXI Fórum de Apoio ao Doente Reumático, no Auditório do Centro Cultural de Carnide, Lisboa (ver localização).

O programa deste ano teve como tema: “Novas Tecnologias na Saúde”.

O Fórum teve como objectivo ser um espaço de promoção da literacia em saúde e da gestão da doença, visando a capacitação dos doentes, cuidadores e da comunidade em geral e privilegiando a comunicação de especialistas e a partilha de perspectivas das pessoas afectadas pelas doenças reumáticas.

Estão disponíveis no nosso canal de YouTube “LPCDR Canal Media”, todos os vídeos, onde poderá ver (ou rever) todas as comunicações.
Pode também ver a publicação com os resumos  das comunicações aqui.

 

Como viver com a dor reumática

As doenças crónicas são responsáveis por 88,5% dos anos vividos com incapacidade e os problemas músculo-esqueléticos carregam a maior percentagem. Os doentes reumáticos são doentes para toda a vida. Não há cura e a artrite reumatoide provoca uma elevada incapacidade funcional. «As pessoas com doença reumática sentem dor, que limita a sua qualidade de vida e capacidade funcional; em alguns casos, sentem rigidez matinal que se traduz numa sensação de movimentos presos», refere à Notícias Magazine Elsa Frazão Mateus, presidente da Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas.

Leia o artigo em
https://www.noticiasmagazine.pt/2018/viver-dor-reumatica/

 

Alerta

A Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas (LPCDR) alerta que não está a promover ou a colaborar com qualquer campanha de rastreio de Doenças Reumáticas, ou qualquer iniciativa que vise a venda de material médico, produtos farmacêuticos ou a prestação de qualquer tipo de serviço médico.

Continue a leitura

“O joelho dói? ojoelhodoi.pt.”

Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas e SANOFI lançam projeto de sensibilização para diagnóstico precoce

ojoelhodoi logo

O seu joelho ressente-se com a mudança de tempo? Fazer uma caminhada exige muito esforço? Sente dor quando sobe uns simples degraus? Provavelmente, está com um problema na articulação e precisa de aconselhamento médico.

Continue a leitura

XX Fórum de Apoio ao Doente Reumático

XX forum - cartazA Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas, realizou no dia 14 de Outubro de 2017, o XX Fórum de Apoio ao Doente Reumático, no Auditório da ANF (Associação Nacional de Farmácias - localizaçao, Lisboa).

O programa deste ano teve como tema: “Capacitar a família”.

Este Fórum contou com a participação multidisciplinar de especialistas e destinou-se, à semelhança de anos anteriores, a doentes e seus familiares, a médicos e outros profissionais de saúde e ao público em geral, que se interessam por esta temática.

PROGRAMA

Pode ver a publicação com o resumo das comunicações aqui